Jarno Sebastian Elg – O pior crime da Finlândia


Jarno Sebastian Elg é um assassino canibal finlandês (retratado como adorador do diabo por mídias), que foi condenado a prisão perpétua por assassinar um homem de 23 anos de idade, comer algumas das partes do corpo e instigar outras pessoas a participar de um ritual que incluiu torturar a vítima enquanto ouve músicas de The Chronicle Cainian álbum de uma banda de black metal, a Norwegian. Tudo isso ocorreu no dia 21 de novembro de 1998, em Hyvinkää .
Na infância e na adolescência, Jarno se envolvia frequentemente em episódios de crueldade contra animais. Certa vez ele foi surpreendido espancando um cachorro com uma barra de metal, enquanto registrava em vídeo seu ato.

Jarno Sebastian Elg

Jarno Sebastian Elg

Em 21 de novembro de 1998, ele foi além. Jarno invadiu a casa de um homem (a vítima não foi identificada, mas tinha 23 anos) com 3 cumplíces. Eles torturaram a vitíma e estrangularam até a morte. A vítima teve a cabeça enrolada com fita adesiva. Partes de seu corpo foram cortadas e comidas. Algumas partes seriam usadas em rituais satânicos. Na verdade, o crime ocorrido na casa era uma espécie de ritual, e tudo isso ao som do álbum Chronicle Cainian, da banda de Black metal norueguesa Ancient.
Os parceiros da ELG eram: Terhi Johanna Tervashonka (17 anos), Mika Kristian Riska (20 anos), e um menino (16 anos) que não teve seu nome revelado.
A investigação começou depois que uma das pernas da vítima foi encontrada em um deposito de lixo. O caso ganhou a alcunha de “Crime do Lixão” e até o momento permanecia um mistério. Graças aos esforços da policia, Jarno foi identificado, rastreado e preso. Jarno Elg foi condenado pelo assassinato seguido da destruição de cadáver, seu veredito foi prisão perpétua.
O Tribunal Distrital de Hyvinkää no sul da Finlândia condenou os cúmplices: Terhi Johanna Tervashonka, a oito anos e seis meses de prisão e Mika Kristian Riska, a dois anos e oito meses. Eles foram a julgamento no Tribunal Distrital Hyvinkaa no sul da Finlândia. O terceiro cúmplice, foi inocentado após alegar que foi obrigado a participar do crime e testemunhar contra os acusados. Dizia-se que as três pessoas “foram fortemente influenciadas pelo satanismo”. O tribunal declarou que a maior parte dos detalhes do caso fique selado por 40 anos. Por esta razão, apenas uma quantidade limitada de informação está disponível.
Terhi Tervashonka recebeu oito anos e sete meses de prisão, mas foi solta em 2003 após cerca de 4 anos de encarceramento, após uma avaliação psiquiátrica a considerar parcialmente insana. Embora ela apresentasse um distúrbio psicológico, esse seria, segundo os psiquiatras que a analisaram, facilmente tratado. Em 2007 Tervashonka foi acusada e condenada a 10 anos de prisão pela morte de um homem de 47 anos de idade, que ela teria assassinado por meio de duros golpes desferidos contra a cabeça da vítima. No ano de 2011 ela se encontrava em uma prisão de Vanaja na cidade de Hämeenlinna, em regime semi-aberto, quando, em 21 julho acabou fugindo, sendo recapturada pouco no dia 3 de agosto.

Terhi Tervashonka em 1998 e  em 2007

Terhi Tervashonka em 1998 e em 2007

Após as sentenças, os meios de comunicação tentaram levantar-se contra o Black Metal, como um bode expiatório para os acontecimentos em Hyvinkää. O que causou grande repercussão entre o estilo musical na cena local.

O Tribunal de Recursos de Helsínquia concedeu a Jarno Elg uma liberdade condicional em dezembro de 2014.

~ por Vodevil em 6 de maio de 2015.

Uma resposta to “Jarno Sebastian Elg – O pior crime da Finlândia”

  1. Banda que eles mencionaram na matéria e foda.

    Curtir

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: