Aliste-se ao canibalismo – Der Metzgermeister recruta!


Armin Meiwes, de 42 anos, confessou ante o tribunal de Kassel, Alemanha, ter praticado canibalismo, com requintes de perversidade. Ele recrutava vítimas pela Internet, oferecia um guia prático para “cortar a carcaça humana para consumo humano” e sugeria receitas de molhos, incluindo uísque, molho inglês e alho picado.

 

imagens do vídeo gravado pelo próprio canibal

imagens do vídeo gravado pelo próprio canibal

 

Meiwes pôs o macabro anúncio numa sala de bate-papo na Internet sobre canibalismo e atraiu o engenheiro Bernd-Jurgen Brandes, de Berlim. Este assinou um contrato dando pleno consentimento ao ritual macabro, o qual foi filmado.

 

Após fazerem sexo, planejam juntos como ele seria devorado. Meiwes dá anestesias locais e então amputa o pênis de Bernd (com o consentimento dele) em uma pequena peça apelidada de “matadouro”, decorada com objetos de açougue e uma jaula, e os dois comeram juntos antes de Brandes morrer.

 

No vídeio, Bernd insiste para Meiwes arrancar seu pênis a dentadas, mas não foi possivel então Meiwes usa uma faca. A primeira estava sem fio, então ele pega uma faca mais afiada e finalmente consegue arrancar o pênis fora. Em seguida começa a temperá-lo em uma frigideira com pimenta e alho, e serve para que os dois comam. Bernd não consegue comer sua porção, pois está muito dura… Ele havia pedido ao seu amigo para desmembrá-lo apenas após perder a consciência, com o uso de remédios para dormir. Assim sendo, Meiwes por fim o esfaqueia no pescoço, seccionando a cabeça do corpo, pendura seu corpo em um gancho de açougueiro e começa a fatiá-lo.

 

a cena do crime

 

O corpo foi mantido no freezer, de onde Armin Meiwes retirou carne por meses e comeu em suas refeições diárias, chegando a ingerir cerca de 20 kg do cadáver. Em sua primeira entrevista após a condenação, Meiwes disse que refogou o “filé” de Bernd com sal, pimenta, alho e noz-moscada. Também disse que comeu os “bifes” com croquetes princesa, couve-de-bruxelas e molho de pimenta-verde. O sabor da carne, segundo Meiwes, era “semelhante ao da carne de porco, um pouco mais amarga e mais forte, mas um sabor muito bom” . Quando a carne acabou, colocou um novo anúncio na internet e acabou denunciado por um internauta, sendo preso. Até hoje a condenação de Meiwes gera polêmica por conta da morte concebida do amigo. Bernd assumidamente desejava ser morto nas mãos de Meiwes. Para a polícia, o canibal disse que sempre quis ter um irmão mais novo e que o seu ato selava uma amizade onde ambos ficariam juntos para sempre.

 

Em abril de 2005, um tribunal alemão ordenou um novo julgamento após a promotoria apelar contra sua sentença. Eles acreditavam que ele deveria ter sido condenado por assassinato . Entre as questões tribunais respondidas, é a se Brandes concordou com sua morte, e se ele era legalmente capaz de fazê-lo no momento, tendo em conta os seus problemas mentais aparentes, bem como seu consumo significativo de álcool.
Outros aspectos do novo julgamento determinado se Meiwes matou para saciar seus próprios desejos (em especial os desejos sexuais ), e não porque ele foi convidado. Em seu julgamento,um psicólogo afirmou que Meiwes poderia reincidir e ainda “tinha fantasias sobre a devorar a carne dos jovens”. Em 10 de maio de 2006, um tribunal de Frankfurt condenou Meiwes de assassinato e o condenou a prisão perpétua.

 

Meiwes, cumprindo sua pena em Kassel, na região central da Alemanha, pode se candidatar à liberdade condicional depois de cumprir 15 anos obrigatórios na prisão. Um exame psiquiátrico feito antes do seu julgamento concluiu que ele não é louco, mas tem uma “alma muito perturbada”.

 

no canto de óculos Bernd , e sorrindo ao lado Armin

 

Em uma entrevista à televisão, Meiwes afirmou: “Quem não consegue entrar nesta história acha monstruoso o que fiz. Mas eu sou um ser humano normal.” E que “A primeira mordida foi com certeza única, indefinível, já que eu tinha sonhado com isto durante trinta anos, com esta conexão íntima que se faria perfeita através desta carne.”

 

Em Alemão: 

“Der Metzgermeister” = O Açougueiro Mestre

~ por Vodevil em 29 de junho de 2013.

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: