Quatro serial killers que podem estar perto de você!


Nikolai Dzhumagaliev

Nikolai Dzhumagaliev

Nome: Nikolai Dzhumagaliev
De: Cazaquistão
Por que você não quer conhecê-lo: Nikolai Dzhumagaliev está tão perto de uma vida real de Hannibal Lecter, do que você poderia imaginar. A principal diferença é que Dzhumagaliev tem dentes de metal.
Operando em 1980 na antiga União Soviética, Dzhumagaliev é um dos mais prolíficos canibais serial killer do país já viu. Carinhosamente chamado de “Metal fang” por causa dos dentes de metal que tinham substituído seus próprios dentes (tornando-se uma espécie de híbrido entre Lecter e Jaws do James Bond ), Dzhumagaliev disse ter matado e comido algo entre 50 a 100 mulheres … e até mesmo servido algumas porções para seus amigos desavisados.
Depois de ser condenado a uma instituição mental no Uzbequistão e escapar uma vez, o governo decidiu que menos de 10 anos de reabilitação foi suficiente para este serial killer e simplesmente o deixou ir. Muito pouco se sabe sobre o paradeiro atual da Dzhumagaliev, embora ele diz estar a viver com seus parentes na Europa Oriental. No entanto, sendo um homem livre e de tudo, ele pode viajar para qualquer lugar que quiser. Talvez um lugar onde quase ninguém ouviu falar dele. Como sua cidade, por exemplo, e voltar a matar. Nikolai sempre foi descrito como um homem muito charmoso e bem-falante, e bonito. Os dentes maxilares são, felizmente, um diferencial. Mas hey, ele poderia perfeitamente se misturar em uma convenção de James Bond (hahahah).
………………………………………………………………………………………………………………..

 

karla homolka

karla homolka

Nome: Karla Homolka
De: Canadá
Por que você não quer conhecê-la: Vamos dizer que você é uma mulher. E digamos que, antes de seu casamento, seu marido expressa seu único desejo: Ele quer estuprar sua irmã. Se a sua reação imediata é a de ajudá-lo a fazê-lo, então você é, provavelmente, Karla Homolka .
Quando a irmã morreu durante o curso de sua aventura de horror indescritível, Karla entrou em pânico, chamou a polícia e se entregou? Oh, espere, não! Ela e seu marido decidiram fazê-lo novamente, a outra vítima. E outra. Assim acabamos com o marido terrível e uma esposa serial killer, estamos falando de Karla Homolka e Paul Bernardo, cujo tumulto só terminou quando Karla foi acusada de dois crimes de homicídio culposo, em 1993.
Tão ruim quanto Karla era, aparentemente, o seu marido era pior. Apesar de uma montanha de declarações conflitantes de Karla e Paul, ela conseguiu uma barganha em troca de entregar seu marido para a polícia, e descrever todas as suas barbaridades. Ela serviu 12 anos na prisão e foi libertada em 2005.
Em 2007, Homolka decidiu que o único lugar para ela e seu filho de um ano de idade para viver uma vida normal foram as Antilhas. Então, agora, ela pode estar em qualquer lugar em Cuba, Jamaica, Haiti, República Dominicana e Porto Rico. Você pode pensar que a América Latina não é o lugar perfeito para uma loira canadense magra para se esconder, mas … não sabemos como terminar a frase… hahaha Ela pode estar perto de você! Mas uma dica, justiça proibiu Karla de mudar de nome.

 

…………………………………………………………………………………………………………………

 

Juha Valjakkala

Juha Valjakkala

nome: Juha Valjakkala
De: Suécia/Finlândia
Por que você não quer conhecê-lo: Em 3 de julho de 1988, a então com 22 anos de idade, Juha Valjakkala roubou uma moto. Ele foi flagrado e perseguido pelos proprietários da moto, Sten Nilsson e seu filho de 15 anos de idade, Fredrik. A perseguição terminou em um cemitério próximo, onde, encurralada e enfrentando uma acusação de roubo de moto, Juha usou o Grand Theft Auto método de evitar delitos: Ele atirou no pai e no filho até a morte.
De repente, percebendo que ele tinha acabado de fazer a sua situação um pouco pior, ele pensou que uma maneira de se redimir seria matando a esposa de Sten também. Ele foi preso uma semana depois.
Após uma avaliação, a justiça rotulou-o como um psicopata (dinheiro bem gasto, Finlândia!), Juha escapou da prisão quatro vezes (mais recentemente em 2006). O sistema legal lá decidiu esta era uma boa indicação de que ele foi tanto reformado e curado de sua psicopatia, e depois de cumprir 19 anos de sua sentença de prisão perpétua os tribunais finlandeses simplesmente deram liberdade condicional para ele.
Após ser liberado, Juha fez o que qualquer homem em sua posição faria depois de passar quase 20 anos na prisão por assassinato brutal: ele roubou um carro, dirigiu imprudentemente pelas ruas e em um tipo específico de crime surpreendentemente, dirigiu um táxi sem licença. Sério, o homem vivia GTA hahahaha. Este pequeno truque causou-lhe uma viagem de volta para a cadeia. Mas se você estava apenas começando a se sentir mais seguro sobre o seu período de férias previsto na Escandinávia, então nós temos uma má notícia para você. Juha foi solto mais uma vez em 02 de fevereiro. E dada a sua evidente paixão por automóveis – táxis sem licença, em particular – só Deus sabe se o próximo táxi que você tomar, não vai ser conduzido por ele hahahaha.

 

……………………………………………………………………………………………………………………….

 

pedro alonso lopez

pedro alonso lopez

nome: Pedro Alonso Lopez
De:Colômbia
Por que você não quer conhecê-lo: Aqui está tudo o que você precisa saber sobre Pedro Lopez : quando ele confessou seus crimes à polícia, eles se recusaram a acreditar nele. Eles ouviram ele contar a sua história, olharam um para o outro e disseram: “Oh, merda. Saia daqui.”
Depois de uma enchente, descobriu-se um túmulo contendo vítimas de Lopez. A vala comum. Lopez havia matado mais de 300 meninas no Peru, Colômbia e Equador. Autoridades colocaram-no na prisão no Equador. Acontece que o Equador não tem pena de morte, por isso Pedro, que tem cumprido a pena máxima de 20 anos, foi secretamente lançado na Colômbia em 1999. Então ele serviu cerca de três semanas para cada pessoa que ele matou (isso parece justo, não é mesmo?), e foi solto.
Então, onde ele está agora? Duas possibilidades. Ele pode estar no Equador, o lugar onde ele matou a maioria das vítimas (uma média de três por semana). Em suas próprias palavras: ” Eu gosto das meninas no Equador, elas são mais gentis e confiantes, mais inocentes “, mas, vendo como ele é perseguido pela Interpol sobre um recente assassinato em 2002, há mais uma possibilidade. Um país onde os imigrantes latinos têm vindo a fazer o seu caminho há anos, um lugar onde um homem tão basicamente pode desaparecer entre seu próprio povo, e encontrar emprego, os Estados Unidos. Ele pode estar em qualquer lugar agora 😀

~ por Vodevil em 17 de maio de 2013.

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: