Martha e Raymond – Atração, Tortura e Matança


Martha Beck, fez um anúncio no jornal procurando um parceiro, apesar de ser casada, mãe de dois filhos e pesar mais de 115 quilos. Em Dezembro de 1947, um empresário espanhol chamado Raymond Fernandez respondeu seu anúncio. Ambos trocaram correspondência e fotos, além do pedido incomum de Ray para Martha enviar uma mecha de seu cabelo. No final do mesmo mês, Raymond viajou para Florida para se encontrar com Martha.
O casal manteve relações por vários dias, apesar do interesse de Ray ser puramente matar e roubar. Ao ver que Martha não tinha dinheiro, ele voltou para Nova York e, em Janeiro de 1948, encontrou na porta de seu apartamento, Martha Beck e suas crianças, dizendo que foi despedida e largou o marido. Ray descobriu que Martha seria útil uma vez que ela fazia tudo que ele pedisse, então convenceu ela a abandonar seus filhos e depois contou-a sobre seus planos envolvendo outras mulheres. Martha encantou-se com ele.

Martha Beck e Raymond Fernandez

em 28 de Fevereiro, numa viagem para a Pensilvânia, o casal encontrou Esther Henne, que logo casou-se com Ray, mas como ouviu boatos de outras mulheres, fugiu com seu carro, possivelmente salvando sua vida.
O casal continuou suas viagens. Ray se aproximava das mulheres, então as matava e roubava seu dinheiro, como foi o caso de Myrtle Greene, que foi morta depois de uma overdose induzida, Janet Fay, uma viúva de 66 anos morta em Nova York com uma martelada na cabeça e enterrada no quintal.
Delphine Downing foi induzida a um sono e depois levou um tiro na cabeça e sua filha Rainelle de 2 anos, foi estrangulada; ambas foram enterradas numa adega e cobertas com cimento. Depois desse incidente, na manhã seguinte antes de escaparem mais uma vez, a polícia encontrou o casal, que foi preso no Estado de Michigan. Como não havia pena de morte lá, o promotor Roger O’ disse que poderiam ficar se contassem tudo.
Porém, a impressionante história caiu nos jornais em todo país, e o público pressionou que aqueles assassinos não poderiam ficar vivos. Então o governador de Nova York Thomas Dewey fez um acordo com o estado de Michigan por causa do assassinato de Fay. No dia do julgamento, Raymond assumiu toda a culpa em troca do bem-estar de Martha, mas foi negado. Em 22 de agosto de 1949, o casal foi condenado à cadeira elétrica.
Ambos trocavam cartas na prisão e, no dia da exeecução em 8 de Março de 1951, Martha enviou uma ultima carta declarando seu amor a Ray. Às 11 horas, Raymond Fernandez foi executado e suas últimas palavras foram um grito declarando seu amor por Martha. Às 11:24, foi a vez de Martha Beck, que silenciosamente disse “Adeus”.

Jornal com a notícia da morte do casal

~ por Vodevil em 21 de setembro de 2011.

5 Respostas to “Martha e Raymond – Atração, Tortura e Matança”

  1. O Amor é Lindo *-*

    Principalmente quando envolve Assassinato a sangue frio.

    Curtir

  2. COMO É POSSÍVEL QUE EXISTEM PESSOAS CAPAZES DE FAZER ISSO.
    É MESMO MUITA MALDADE NO MESMO PACOTE.

    Curtir

  3. AMOR E MALDADE NO MESMO PACOTE.

    Curtir

  4. O Amor é Lindo *-*

    Principalmente quando envolve Assassinato a sangue frio.

    Eu hein O.o

    Curtir

  5. FORAM TARDE FILHOS DA PUTA

    Curtir

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: