Serial Killer x Matador em Massa


Mais de 20% dos serial killers são negros, o restante geralmente são brancos. Muitas vezes, um serial killer vai atrás particularmente de prostitutas (por serem presas fáceis), tais como os assassinatos de Pickton em Port Coquitlam, BC, Canadá, onde mais de 50 prostitutas foram assassinadas. Alguns serial killers “estocam” suas vítimas e podem matar várias em um mês, enquanto outros matam de mês em mês, ou geralmente param de matar por um tempo (possivelmente por um ano ou mais e às vezes até 5-10 anos), e alguns desaparecem, cessam sua vontade e matar (por exemplo John List). Serial killers geralmente não têm antecedentes por crimes de sexo. Se o serial killer é capturado, ele irá admitir que ele vai matar de novo.

Muitos serial killers realmente detestam as mulheres, por uma razão ou outra, e desfrutar da sensação de poder que têm sobre cada vítima, instilar o medo e sofrimento em que for possível, é um modo de prazer para eles. A maioria destas mulheres parecem ser um grupo impotente da sociedade que tendem a não ter muito prestígio (esta afirmação é de um psiquiatra sobre serial killers). Eles muitas vezes pegam mulheres que vivem sozinhas. Não há limite de idade para a maioria dos assassinos em série e geralmente matam mulheres que estão no final da adolescência, ou até mesmo uma mulher de 80 anos de idade ou mais. Geralmente o serial killer teve algum evento traumático na infância, mas alguns psiquiatras discordam e acham que os serial killers nasceram sem muita consciência.

Há definitivamente um aumento de serial killers e, especialmente, os EUA, simplesmente porque há uma perda do sentido de comunidade (as pessoas se deslocam para as cidades e não procuram conhecer ninguém) ou as pessoas tendem a fazer como estranhos uns dos outros. Serial killers não têm um acesso de raiva e revoltam-se “do nada”; geralmente são casados, possuem mulher e filhos, podem até ser o bom rapaz ao lado. Eles são normais em torno de outro, trabalham, têm uma vida social… Aparentemente.

Assassinos em massa não têm consciência e são mais jovens (muitos adolescentes.) Um exemplo é o de Columbine. Dois alunos zangados com o professor, seus colegas e com a sociedade, abriram fogo em uma sala cheia.

Assassinos em massa, geralmente odeiam alguma coisa específica e querem se vingar. Eles são sociopatas na natureza. Eles geralmente são “diferentes” do resto da sociedade, são solitários e tendem a ter uma atitude calma sobre eles. Não há nenhum aviso quando um assassino em massa decide matar. Assassinos em massa também podem matar seus próprios familiares. Assassinos em massa premeditam suas ações e planejam o que vão fazer, por ódio puro. Um serial killer tem o seu tempo de escolher uma vítima, segue-a por vários dias ou mesmo semanas antes de matá-la, tem todo um planejamento.

Uma das diferenças marcantes entre um serial killer e um assassinato em massa é o “período de arrefecimento”, ou seja, o período entre uma morte e outra.
Um assassino em massa irá matar grandes grupos de pessoas ao mesmo tempo. Exemplos de assassinatos em massa: Massacre de Columbine High School, e o Massacre em Amish School. Assassinos em massa ao contrário dos assassinos em série, raramente têm uma motivação sexual por seus crimes.
Um serial killer estabelece um prazo legal entre um assassinato e outro, e algum tempo depois (dias, semanas, meses) irá matar novamente. São exemplos de serial killers: David Berkowitz (Filho de Sam), Ted Bundy, e Dennis Rader (BTK Killer).

Assassinos em massa matam em um local durante um curto período de tempo. Normalmente, a maioria dos assassinos em massa usam armas para matar suas “presas”, mas em alguns casos, como o massacre de oito estudantes de enfermagem em 1966 por Richard Speck, os assassinos também usaram facas. Atos individuais de terrorismo também são considerados assassinato em massa, como o atentado de Oklahoma City em 1995 e os ataques ao World Trade Center em 2001. Outros assassinatos em massa notórios incluem o massacre na escola de Colónia em 1964, massacre de San Diego no McDonald’s, em 1984, o massacre de Ecole Polytechnique em 1989, o massacre Killeen Luby em 1991 , o massacre de Columbine em 1999, o massacre real nepalesa em 2001, o massacre na escola de Erfurt em 2002, os disparos na escola Jokela em 2007,os disparos na escola Kauhajoki em 2008,e o massacre de Fort Hood em 2009. E mais diversos outros.

~ por Vodevil em 17 de abril de 2011.

2 Respostas to “Serial Killer x Matador em Massa”

  1. Como sempre…Posts perfeitos…

    Curtir

  2. Querida, 86% aproximadamente dos seriais existentes no MUNDO são BRANCOS, pesquisa mais antes sair escrevendo coisas rasas e racistas.

    Curtir

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: