Quase o “crime perfeito” – Joachim Kroll


Ninguém sabe quantas pessoas Joachim Kroll assassinou ao certo em sua vida. Segundo sua confissão, foi responsável por 13 assassinatos, mas esses podem ser só a ponta do iceberg. O que é certo, porém, foi que a natureza dos crimes que cometeu indicam uma profunda perversão, e um desejo incontrolável de morte e mutilação.

Vamos às vítimas:

Irmgard Strehl (19anos) foi estuprada, esfaqueada, e estripada O corpo foi encontrado em um celeiro na Ludinghausen.

Erika Schuleter (12 anos) foi seqüestrada, violentada e estrangulada na cidade de Kirchellen.

Klara Frieda Tesmer (24 anos) foi assassinada em um campo perto de Rheinhausen. Heinrich Ott foi acusado pelo crime, preso, se enforcou na prisão.

Manuela Knodt (16 anos) foi estuprada e estrangulada no Parque da Cidade de Essen. Kroll removeu fatias de carne de suas nádegas e coxas.

Barbera Bruder (12 anos) foi seqüestrada em Burscheid e assassinada, o corpo nunca foi encontrado.

Petra Giese (13 anos) foi estuprada e assassinada em Dinslaken-Bruckhausen. Vinzenz Kuhn é preso e a polícia afirma que ele era o assassino.

Monika Tafel (12 anos) foi assassinada em Walsum, fatias de carne foram cortadas de suas nádegas. Walter Quicker é acusado pelo crime, é preso e liberado, mas depois se suicida.

Hermann Schmitz (25 anos) foi assassinado enquanto se sentava em um carro com sua namorada, Marion Veen, em Duisburg-GroBenbaumand, apenas Marion escapou.

Ursula Rohling (20 anos) foi assassinada em Forsterbusch Park perto de Marl. Seu namorado, Adolf Schickel, é acusado do crime e depois comete suicídio.

Ilona Harke (5 anos) foi estuprada e assassinada em Wuppertal, foi afogada em uma vala.

Maria Hettgen (61 anos) foi estuprada e estrangulada em Hückeswagen.

Jutta Rahm (13 anos) foi atacada e estrangulada enquanto ia para casa a partir de uma estação de trem. Peter Schay foi acusado, preso e liberado, mas acabou confessando o crime na sequência, por causa de pressões da população local.

Karin Toepfer (10 anos) foi estuprada e estrangulada em Voerde.

Marion Ketter (4 anos) Este assassinato levou Kroll a prisão.

Joachim Kroll confessou todos estes assassinatos, dando detalhes das mortes…

~ por Vodevil em 23 de março de 2011.

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: