De assassino à vítima – Allen Lee Davis


Allen Lee Davis, também conhecido como “Tiny” foi um assassino e pedófilo. Foi condenado pelo assassinato de Nancy Weiler, que estava grávida de três meses na época. Segundo relatos, Nancy Weiler foi “espancada e ficou quase irreconhecível”. Davis usou uma .357 Magnum, e a atingiu mais de 25 vezes no rosto e na cabeça. Ele também foi condenado por matar as duas filhas de Nancy Weiler, Kristina (de 9 anos, levou dois tiros no rosto) e Katherine (de 5 anos, levou um tiro tentando fugir). Davis estava em liberdade condicional por assalto à mão armada no momento dos assassinatos. Ele foi executado em 08 de julho de 1999 em Jacksonville na Flórida. Sua última refeição foi composta por: Uma cauda de lagosta, batata frita, meio quilo de camarão frito, seis amêijoas fritas, meia fatia de pão de alho e 32 gramas de A & W Root Beer.

A execução Davis chamou a atenção da mídia nacional depois que ele teve uma hemorragia nasal na cadeira elétrica e sofreu queimaduras na cabeça, perna e virilha durante o curso de sua electrocussão. A Suprema Corte da Flórida Justiça publicou algumas fotos do rescaldo do incidente. Durante o processo, muitas pessoas testemunharam a morte de Davis.



Em 1999, o estado da Flórida, ouviu uma petição de Thomas Harrison Provenzano , outro presidiário do corredor da morte, que alegou que a cadeira elétrica era uma punição cruel e incomum.

~ por Vodevil em 20 de março de 2011.

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: