“Não há o bem, não há o mal, não há crime nem o pecado.” – Charles Manson


Filho de uma prostituta, e rapidamente transformado em delinqüente juvenil, Charles Manson nasceu em 12/11/1934. Passou por vários reformatórios durante a adolescência, respondendo por crimes como roubo e falsificação. Em 1954, após cumprir uma pena de 10 anos, Manson funda uma comunidade hippie que se intitularia “A Família”. Mais do que líder da família, Manson era uma espécie de guru espiritual para seus seguidores. Sua comunidade hippie vivia perambulando pela periferia das cidades, roubando, vendendo drogas, praticando sexo grupal e realizando rituais propostos por seu líder.

Charles Manson logo se tornaria fã dos Beatles e passaria a acreditar que o grupo compunha suas musicas especialmente para ele. Por isso Manson passava horas ouvindo as canções, em busca de mensagens ocultas que ele acreditava serem deixadas pelos Beatles para ele.

No dia 9 de Agosto de 1969, “A Família” invadiu a mansão do cineasta Roman Polanski, em Hollywood. Eles assassinaram brutalmente a esposa do cineasta e dois casais de convidados que se encontravam na casa, fazendo um total de cinco vítimas naquele dia. Sharon Tate, 26 anos e esposa de Roman Polanski, estava grávida de oito meses. Seu corpo foi perfurado 16 vezes por uma lâmina de baioneta e depois fora enforcada. Estudos posteriores da perícia mostraram que o bebê sobreviveu por muito tempo após a morte de sua mãe. O verdadeiro objetivo de Manson era se vingar de Terry Melcher, antigo morador da casa e produtor dos “Beach Boys”. Manson acreditava que Terry havia roubado uma de suas músicas, mas no auge de sua loucura não percebeu que Terry não morava mais ali.

Chales Manson quando foi preso e atualmente

Chales Manson quando foi preso e atualmente


Na noite seguinte o grupo fez mais vítimas: Leno e Rosemary La Bianca, proprietários de uma rede de supermercados. O casal também teve sua casa invadida e foi brutalmente assassinado pelos seguidores de Charles Manson. Eles foram mortos com dezenas de golpes de garfos e facas, e na parede foi deixado escrito em sangue: “Death to Piggies”(morte aos porcos). Esse assassinato é atribuído à musica “Piggies” dos Beatles.

Charles Manson e seus seguidores foram presos e acusados pelos assassinatos. O grupo se reuniu em torno de Manson tentando protegê-lo. Manson não estava presente em nenhuma das chacinas de seu grupo, mas a promotoria conseguiu provar que ele fora o mandante dos crimes. No julgamento, três de suas seguidoras tentaram assumir sozinhas a autoria dos assassinatos para inocentar seu líder, mas seus depoimentos não foram aceitos e Charles Manson e todos os seus seguidores foram condenados à prisão perpétua, exceto Linda Kasabian, uma das integrantes do grupo que garantiu sua imunidade proporcionando evidências contra Mason e os outros membros da família.

Finalmente Manson deixou de lado sua figura de pacifista inocente e afirmou seu profundo ódio pela humanidade, acusando-a de rejeitar a ele e aos seus seguidores. Posteriormente foram revelados seus verdadeiros motivos: Manson era um grande racista, que planejava cometer seus crimes brutais contra ricos brancos para que estes fossem atribuídos a negros e se iniciasse uma onda de perseguições contra os negros de todo o país. Charles Manson está vivo e continua preso.

Observação: Como Charles Manson não matava sozinho, não matava uma vítima por vez e manteve um período de tempo muito curto entre seus crimes, é mais correto afirmar que ele é um Spree Killer e não um Serial Killer como muitos afirmam.

~ por Vodevil em 20 de março de 2011.

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: