And the evil shone inside of a bitch…



“Na primeira parte da gravidez,Joyce começou a sofrer de enjôos matinais, e com o passar do tempo, piorou a um estado mais ou menos constante de náusea (…)Com o passar das semanas Joyce foi se tornando cada vez mais nervosa. Tudo parecia incomodá-la, qualquer odor ou barulho era insuportável.(…)Aproximadamente 2 meses antes do nascimento de Jeff(…) ela continuava a sofrer de náusea, mas agora uma forma de rigidez se desenvolvera, e nenhum dos medicos que consultamos foi capaz de diagnostivar corretamente. As vezes suas pernas se fechavam apertadas naquela posição, e seu corpo todo enrigecia e começava a tremer.A mandibula travava para o lado e adquiria uma rigidez igualmente assustadora. Durante essas estranhas convulsões seus olhos se esbugalhavam como um animal assustado e ela começava a salivar, a boca literalmente “espumando”. (…) O médico geralmente tinha de intervir com injeções de barbitúricos e morfina. O médico não conseguia achar nenhuma razão médica para esses ataques, e sugeria que a causa seria mais mental do que física.(…) Para lidar com os altos e baixos da sua condição física e emocional, Joyce continuou tomando várias drogas.As vezes ela tomava algo como 26 pílulas por dia…”

Escrito por Lionel Dahmer, pai de Jeffrey Dahmer.

Seria este um sinal? #ironia
Bizarrooooo! hahahahahaa

~ por Vodevil em 14 de julho de 2010.

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: