E viu-se uma luz, uma luz vermelha!


João ficou órfão com quatro anos. Chegou ao estado de São Paulo ainda na adolescência, fugindo dos furtos que praticou em Santa Catarina. Foi morar em Santos, onde se dizia filho de fazendeiros e bom moço. Na verdade, levava uma vida pacata no lugar que escolheu para morar, praticando seus crimes em São Paulo e voltando ileso para Santos. Sua preferência era por mansões. Seu estilo próprio de cometer os crimes, sempre era nas últimas horas da madrugada, cortando a energia da casa, usando um lenço para cobrir o rosto e carregando uma lanterna com bocal vermelho, chamou a atenção da imprensa, que o apelidou de “Bandido da Luz Vermelha”, em referência ao notório criminoso americano Caryl Chessman, que tinha o mesmo apelido.
A polícia levou 6 anos para identificá-lo (falta de inteligencia na polícia? ¬¬), conseguindo identificá-lo após ele deixar suas impressões digitais na janela de uma mansão.

Foi preso em 8 de agosto de 1967, enquanto estava foragido no Paraná, foi acusado por quatro assassinatos, sete tentativas de homicídio e 77 assaltos, sendo condenado a 351 anos, 9 meses e 3 dias de prisão (pra que diabos servem estes 3 dias??), dizem que cometeu estupro ou que teve relações sexuais com as vítimas de seus crimes, porém não foi acusado deste crime (o comentário era que recebia muitas visitas de mulheres desconhecidas que choravam sua ausência). Após cumprir os 30 anos previstos em lei, é libertado na noite do dia 26 de agosto de 1997. Após libertado, ganha fama na cidade onde passa a morar (Joinville, em SC), tinha obsessão em vestir roupas vermelhas e quando alguém lhe pedia um autógrafo ele simplesmente escrevia a palavra “Autógrafo” (nossa ¬¬).
Após quatro meses e vinte dias em liberdade João foi assassinado com um tiro de espingarda no dia 5 de janeiro de 1998, durante uma briga com um pescador, Nelson Morelato investigador da policia civil de campinas frustrou a fuga de João no ano de 1976.

~ por Vodevil em 19 de junho de 2010.

Deixe sua dúvida, elogio ou crítica e contribua com o blog!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: