E o necrófilo foi descoberto – Kenneth Douglas


O ex-funcionário de necrotério, Kenneth Douglas está cumprindo uma sentença de três anos de prisão por fazer sexo com o cadáver de adolescente vítima de assassinato, Karen Range. Douglas trabalhou em um necrotério no condado de Hamilton, Ohio, de 1976 a 1991. Em fevereiro de 2009, Douglas foi indiciado em duas acusações de abusar sexualmente de cadáveres (necrofilia). Se for condenado, ele pode pegar 18 meses de prisão em cada carga adicional.
Em 26 de fevereiro de 2009, informaram agências de notícias que Kenneth Douglas pode ter feito sexo com mais de 100 cadáveres durante seus 16 anos trabalhando no necrotério do condado de Hamilton.

~ por vod3vil em 24/02/2011.

Uma resposta to “E o necrófilo foi descoberto – Kenneth Douglas”

  1. “100 cadáveres”

    Que belo Histórico…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 77 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: